top of page
Buscar
  • davidmarciomed

Como fica a enxaqueca na gravidez?

A gravidez é um momento muito especial na vida de qualquer mulher. Trata-se da condição humana fisiológica que mais é capaz de alterar as funções do organismo.


Algumas mulheres que não sofriam com enxaqueca podem apresentar a primeira crise durante a gravidez, possivelmente relacionada às várias mudanças hormonais.


Outras mulheres, que já apresentavam episódios de enxaqueca sem aura podem apresentar durante a gravidez o primeiro episódio com aura.


De maneira geral, durante os 3 primeiros meses, as crises de migrânea podem intensificar, em frequência e intensidade. Porém 70% das mulheres vão experimentar uma melhora geral no restante da gravidez. Os 30% remanescentes podem permanecer igual ou apresentar até uma piora.


O nascimento do bebê é um outro período em que pode ocorrer piora da frequência das crises, porque são vários os gatilhos clássicos que ficam mais frequentes neste período: privação de sono, estresse/ansiedade, refeições fora do horário rotineiro.


Outro desafio óbvio durante a gestação é o limitado arsenal terapêutico medicamentoso disponível durante este período. Não existem remédios que sejam isentos de risco, mas existem aqueles considerados seguros, já que o benefício supera em muito o eventual risco.

De maneira geral, aconselhamos as gestantes a sempre perguntarem seus médicos assistentes que medicamentos podem tomar em caso de uma eventual crise de enxaqueca. Também existem as opões de profilaxia, para aquelas mulheres que apresentam um número elevado de crises e necessitam uso contínuo de medicamento preventivo mesmo durante a gravidez.


As crises de enxaqueca não devem ser negligenciadas durante a gravidez. Um elevado número de crises pode trazer prejuízos e até aumentar a chance de nascimentos prematuros.


Dr. David Márcio

Médico Neurologista na cidade de Campo Grande - MS

CRMMS: 11574

RQE: 6870

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TDAH no adulto

Com certeza você já ouviu falar sobre TDAH no adulto... Esse é um distúrbio neurológico que pode persistir ao longo da vida e afetar significativamente a rotina de quem o possui. Nesse breve texto, va

O Pomodoro, a procrastinação e o TDAH

Pessoas com TDAH costumam ter bastante dificuldade em gerenciar o tempo… Elas costumam se atrapalhar na execução das tarefas e, mesmo depois de bastante tempo decorrido, sentem que produziram muito po

O melhor tratamento para insônia crônica

Você já ouviu falar de terapia cognitivo comportamental para insônia, ou TCC-I? A TCC-I é um tratamento bem aceito e eficiente no combate à insônia crônica. Ela envolve a união de técnicas cognitivas

Comentarios


bottom of page