top of page
Buscar
  • davidmarciomed

Cuidado com medicamentos para enxaqueca

Oi, gente!! Existem inúmeras opções de analgésicos que podem ser usados para crises de enxaqueca. A maior parte deles é vendida nas farmácias sem a necessidade de receita⠀

Mas existem alguns cuidados que todos nós devemos tomar⠀

Muitos desses medicamentos, alguns com nomes bem chamativos e famosos, contém uma substância chamada “ergotamina”. A ergotamina é uma substância bastante antiga e muito eficiente para crises de enxaqueca. No entanto, ela não deve ser tomada por qualquer um. Pessoas com pressão alta, doença arterial coronariana (aqui inclusas pessoas que já tiveram infarto, já colocaram “stent”, já tiveram angina), doenças renais, doenças hepáticas, não deveriam fazer uso da ergotamina, já que ela pode agravar esses problemas⠀

Um outro exemplo de risco ocorre quando a pessoa ingere um medicamento que contém ergotamina junto com um triptano (os triptanos são outro grupo de medicamentos para enxaqueca também bastante comuns e que podem ser comprados sem receita). Essa é uma associação perigosa e desaconselhada, já que pode desencadear problemas cardiovasculares importantes⠀

Os medicamentos são muito importantes e nos são extremamente úteis. Mas nunca podemos nos esquecer de que são drogas (são vendidos em drogarias!) e seu uso deve ser feito com cautela





27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TDAH no adulto

Com certeza você já ouviu falar sobre TDAH no adulto... Esse é um distúrbio neurológico que pode persistir ao longo da vida e afetar significativamente a rotina de quem o possui. Nesse breve texto, va

O Pomodoro, a procrastinação e o TDAH

Pessoas com TDAH costumam ter bastante dificuldade em gerenciar o tempo… Elas costumam se atrapalhar na execução das tarefas e, mesmo depois de bastante tempo decorrido, sentem que produziram muito po

O melhor tratamento para insônia crônica

Você já ouviu falar de terapia cognitivo comportamental para insônia, ou TCC-I? A TCC-I é um tratamento bem aceito e eficiente no combate à insônia crônica. Ela envolve a união de técnicas cognitivas

bottom of page